terça-feira, 4 de julho de 2017

Estado entregue aos bichos? Sim, esteve.

Os graves e recentes acontecimentos que enlutaram o país (incêndio de Pedrógão Grande e dos concelhos limítrofes) e deixaram os portugueses atónitos (o "roubo de armas" em Tancos) fizeram com que os agentes e sufragantes da direita portuguesa tivessem chegado à conclusão que tais eventos são a prova de que o "Estado falhou". 
Até poderá vir a provar-se o falhanço, mas se tal vier a ser comprovado, é mais que evidente que a falta de resposta adequada por parte do Estado, nos dois casos, tem que ser imputada, em primeira linha, ao facto de o Estado se encontrar fragilizado em consequência de uma política de cortes cegos levada a cabo pela direita durante toda a anterior legislatura, política tendente a reduzir o Estado ao mínimo dos mínimos. Estranhamente, a mesma direita que proclama a falência do Estado nos dois casos, recusa-se a assumir a responsabilidade pelas consequências da sua política de austeridade, orgulhosamente assumida, ao tempo, por Passos Coelho, com o seu tão irresponsável quanto famoso "custe o que custar".  A atitude da direita, confesso, não me admira minimamente, pois esta direita já deu provas de enorme hipocrisia e os seus mentores são mesmo especialistas no exercício de sacudir água do capote.
Por isso mesmo, é imperioso desmascarar esta direita decididamente hipócrita e irresponsável. Quando um seu paladino, como JMT, se interroga nas páginas de um jornal sobre se "O Estado português está entregue aos bichos?" há que responder que sim, mas mudando o tempo verbal. De facto, o Estado português esteve entregue aos bichos durante quatro anos e meio, o longo tempo que durou a anterior legislatura em que toda a direita (PSD/CDS) esteve no poder. Como sempre acontece ,os buracos provocados pela bicharada levam sempre algum tempo a aparecer. Não admira, por isso, que só agora estejam a vir ao de cima.
(imagem daqui)

4 comentários:

São disse...

Absolutamente de acordo.

Majo Dutra Rosado disse...

Muito Bem, Francisco!
Subscrevo, Amigo.
~~~~~

Sebasti disse...

Um Estado durante 4,5 anos entregue a gente tão desqualificada como o ingoverno do Láparo fica sempre com mazelas e algumas levam o seu tempo a vir à tona.

soudocontra disse...

É isso mesmo!!! E espero que os portugueses não se deixem manipular e corram, de vez, com os criminosos da política, ignorantes, quase analfabetos, como o ex-1.º ministro. Força António Costa mostra como se pode governar, O MELHOR POSSÍVEL, CLARO, A BEM DE TODOS!!!
No link seguinte do blogue "Crónicas do Rochedo", podem ver um curriculu vitae, tão significativo quanto "obsceno", do tal ex-1.º ministro - como pode um abjecto assim chegar a 1.º ministro????
http://cronicasdorochedo.blogspot.pt/2017/07/recado-ao-pedro.html#links