quarta-feira, 23 de julho de 2014

Não há forte sem fraqueza


Porventura não há ditado que confirme a asserção em título, mas a Praça-forte de Almeida (nas imagens, duas portas fotografadas do exterior) e os (in)sucessos que nela tiveram lugar são disso um bom exemplo.

2 comentários:

Majo disse...

~
~ ~ Muito sangue foi valorosamente derramado nestas lajes, na defesa da independencia do território do nosso Portugal...

~ ~ Presentemente, com a sua soberania completamente posta em causa.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Este conheço bem. Fiquei já algumas vezes na Pousada.