terça-feira, 5 de junho de 2012

"Eppur si muove"

Devagar demais para o meu gosto, mas a popularidade dos partidos da Comissão Liquidatária (vulgo, governo) parece estar, finalmente e de acordo com esta sondagem, em queda.
A austeridade não tem feito grande mossa aos actuais governantes o que, de algum modo, pode ser explicado pelo facto de terem conseguido sacudir a água do capote em direcção a terceiros. Até agora. O que terá mudado, entretanto? No domínio das suposições, avanço com a hipótese de, finalmente, os portugueses terem compreendido, na sequência dos episódios Relvas/Secretas, Relvas/Público, que estão a ser governados por um relvo-dependente em tal grau que, nesta altura, estamos sem saber quem é o quê e quem manda em quem.

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Parece-me que estes resultados deviam provocar uma profunda reflexão no PS.
Digo mais... creio que os partidos do governo terão ficado satisfeitos!