segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Morto ou vivo?

Pergunto pelo ministro Crato. É que ainda se lhe não ouviu um comentário sobre o Relatório PISA2012 da OCDE. Ou serei só eu a queixar-me de ainda não lhe ter ouvido uma palavra sobre tão importante assunto?
À dúvida sobre se o homem é morto ou vivo, pode acrescentar-se uma outra hipótese, porventura mais provável, uma vez que também não há notícia sobre o seu passamento. Quem me diz a mim que se Crato não abre a boca e não fala, tal se deve apenas e só ao facto de ainda não ter conseguido "engolir" o Relatório?
Convenhamos que para ele não vai ser fácil.
(Reeditada)

3 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Acreditas que ele tem consciência para admitir o erro?

Majo disse...

Parece tudo indicar que o eminente matemático e estatístico, precise de mais de uma semana para avaliar o relatório PISA da OCDE.

Entretanto poderá auto avaliar o seu desempenho, como orientador de uma classe de pedagogos, exercício para a qual não possui nenhuma formação específica.

Graça Sampaio disse...

Esse (C)rato é um nojo! E maior n ojo me metem os professores que se deixaram encantar pelas suas falinhas mansas no início do "mandato"...