quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Como um peixe a nadar em seco


Diria que é como se deve sentir Carlos Moedas na pele de "novo comissário da Investigação, Ciência e Inovação". Nem a pasta que lhe foi atribuída tem a relevância de que Passos Coelho chegou a falar, nem Moedas tem aptidão para a gerir. Não fez ele parte de um governo que liquidou a Investigação, a Ciência e a Inovação em Portugal?  Um peixe fora de água é o que é.
(imagem daqui)

3 comentários:

Majo disse...

~
~ Juncker tem a comissão que sonhou e pela qual se debateu, com o seu "núcleo duro" formado pelos representantes dos poderosos.

~ Moedas será apenas um decorativo subalterno, subserviente e adulador.

~ Juncker que afirmou em Portugal: "Não acreditem nos socialistas"!
~ Foi este o espírito democrático que presidiu à formação da Comissão Europeia.

Francisco Clamote disse...

Certo, Majo.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Chicamigo

A Majo é que sabe, a Majo é que diz; tudo são verdades.

Mas eu acrescento. Tudo espremido esta pasta conduz ao desenvolvimento, o que quer dizer emprego.

Atão o raio do homemzito (criado de quarto da troika) não andou a desempregar? Em que ficamos?

Abç