segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

As insónias do Relvas

Embora na cara não se note, o ainda ministro Relvas anda com insónias: “O desemprego jovem tira-me o sono. Eu não sou insensível”.
Se ele o disse, não há que duvidar. Aliás, há dados que objectivamente confirmam a afirmação, pois é facto visível que, para além das insónias que o atormentam, Relvas também sofre de alucinações. De facto, só alguém às voltas com esse problema é que se lembraria de reduzir o desemprego jovem pela via do "regresso" (?) dos jovens à agricultura. Felizmente, para Relvas, o desemprego dos menos jovens já não o incomoda por aí além. Não fora esse facto, o homem já nem se tinha em pé. Valha-nos isso e o facto de o Coelho, primeiro-ministro, andar a dormir pouco, mas bem.

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

está explicada a razão de os deputados da maioria quererem o regresso da TV Rural