quarta-feira, 12 de agosto de 2015

PàF: sem caras para "dar a cara"

Compreende-se perfeitamente a opção da coligação "PàF"(!) em recorrer a modelos profissionais estrangeiros para ilustrar os seus cartazes de propaganda. Com tanta aldrabice junta ["+ igualdade" (em quê?); "Portugal à Frente" (na dívida?); "Agora Portugal pode mais" (estranho e nunca visto caso digno de novela)] não era, seguramente, nada fácil encontrar, uma portuguesa/um português que "desse a cara" por patranhas de tal calibre.
Uma australiana que, com grande probabilidade, nem viu o cartaz onde a sua cara foi pespegada, nem conhece uma palavra de português, com excepção de "euros", vinha mesmo a calhar . E assim foi: PáF!

2 comentários:

Majo disse...

~~~
~~ Muito bem, Francisco.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

~ É preciso desmascarar estes trambiqueiros pirosos.
~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Chicamigo

Não é a primeira nem a última vez que estou de acordo com a Zézinhamiga. E desta - estou - muitíssimo!

A Senhora que não era Senhora - cai o Carmo e a Trindade! A australiana que não é portuguesa e nem sei se não é Senhora - ora agora era preciso não pedir desculpas públicas. Entendi-te dizia o Vasco Santana e digo eu...

Abç do Leãozão