sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Que bem que faz o papel de morto!

Claríssimo me parece o recado deixado por António Costa, na "Quadratura do Círculo", ao comentar o encontro de ontem na Aula Magna: "em condições normais Mário Soares não tinha de estar na liderança de uma iniciativa deste tipo". Se tal acontece é "porque existe um grande vazio de iniciativa política, designadamente por parte do Partido Socialista".
Seguro terá ouvido o recado? Presumo que sim, porque não é surdo, mas receio bem que, para mal dos portugueses, continue a fazer o papel de morto. 
E que bem que ele o tem feito!

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Quem pode discordar? De qq modo, era altura de Costa se ir chegando à frente, antes que perca uma boa parte do capital de confiança que angariou.

Majo disse...

Os simpatizantes do PS andam meio perdidos com tão apagada postura e não entendem que para as cúpulas, o Seguro é acha para queimar devagar... Ninguém está interessado em substitui-lo, de momento.
Não há nenhum português que não tenha percebido que o Seguro, seguramente, não tem qualidades para líder e que o PS está a protelar decisões.