quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Uns alarmistas!

A crer no relatório da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) sobre a execução orçamental referente ao primeiro semestre de 2012, o cumprimento dos objectivos orçamentais "para a receita fiscal e para a Segurança Social já não parece possível".
Estes técnicos da UTAO são uns alarmistas, pois não é evidente que o governo de Passos/Coelho tem à disposição várias opções para atingir aqueles objectivos? 
De facto, o que é que, por exemplo, impede o cavalheiro fardado de polícia (foto infra) de montar umas quantas barragens nas auto-estradas para secar a carteira aos abastados viajantes, os únicos que ainda as utilizam, pois os "tesos" têm que se contentar com as vias alternativas, quando as há.
Dir-me-ão que tal não é possível, pois não é legal. Não vejo que esse "pormenor" constitua obstáculo inultrapassável para o fardado cavalheiro. Ilegal e até inconstitucional foi o roubo dos subsídios de férias e de Natal e não consta que o cavalheiro tenha dado  mostras de se sentir inibido em o concretizar.
E não é verdade que "quem faz um cesto faz um cento"?*

*Não excluo, é claro, que o polícia supra possa descobrir um expediente mais sofisticado. 
(imagem daqui)

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Este governo cheio de artistas ia agora dar alguma importância aos técnicos da UTAO? São uns incompetentes, é o que é e o governo devia despedi-los.
PS: Obrigado pela correcção ao meu post, Francisco. Já emendei
Abraço