terça-feira, 6 de janeiro de 2015

E ainda há quem se disponha a votar nesta corja?

"Acesso às urgências complicado e internamentos bloqueados nalguns hospitais"

O caos instalado nos hospitais com dramáticas consequências, incluindo, nalguns casos, a morte de  pessoas nas urgências, tem que ser imputado a este governo e à política de austeridade que tem vindo a prosseguir, seguindo o lema do "custe o que custar". Os custos da austeridade na saúde estão já vista e não é preciso ser adivinho para antecipar que os custos vão continuar a aumentar.
O cidadão eleitor está espera de quê para desalojar esta corja?
(Notícia e imagem daqui)

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Admito que haja mais do que hoje em dia imaginamos.