terça-feira, 5 de maio de 2015

Pedro ou Narciso?

A apresentação de duas biografias, no espaço de três ou quatro anos, sobre a mesma medíocre personagem só pode ter uma explicação: estamos perante um caso de narcisismo exacerbado e, como tal, doentio.
A segunda biografia de Passos Coelho, encomendada pelo próprio (ou por ele autorizada, como se diz por aí, eufemisticamente) da autoria de Sofia Aureliano, assessora do grupo parlamentar do PSD ainda não foi lançada (é-o apenas hoje) mas já se sabe pelo que tem vindo a ser divulgado pelos media que «Passos Coelho é descrito como um homem racional, corajoso e desapegado do poder" que "levantou Portugal do chão"».
A serem verdadeiros os comentários que tenho lido respeito da "obra", tudo indica que estamos perante uma fantasia, que não uma biografia. 
O tal "homem racional, corajoso e desapegado do poder" pode ser um qualquer Narciso, mas não é certamente o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, pois um tal perfil não é compatível com o do indivíduo que se confessa admirador de um Dias Loureiro; admite comportar-se como um vulgar caloteiro (passe a involuntária rima) e  que é considerado, muito justamente, como um político aldrabão.
(Imagem e citação daqui)

4 comentários:

Anónimo disse...

Narciso talvez... sobretudo uma reprise do exercício de transparência de há quatro anos com foto bambi, o rapaz que era um livro aberto contrariamente ao lusco-fusco de quem lá estava. Percebeu-se depois que o filme era outro, com muitos técnicos de aviação e ajudas aos subdesenvolvidos. Donde que o que interessa é o que esconde não o que mostra.

Quanto ao incómodo do CDS, bom, cabe-lhe ser renova, folha tripla, macia e resistente. Antes isso que desempregado.

Majo disse...

~
~~ Não dá para aturar mais tal hipócrita matreiro que
se julga mais esperto do que todos os portugueses.

~~ Será que a biografia explica como nasceu o dileto
gosto pelas relvas rasteiras?!

~~ Um embusteiro~, sem pingo de vergonha!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Graça Sampaio disse...

«que levantou Portugal do chão»??? Cambada de trampolineiros!!!

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Chicamigo

O que vai sabendo da "obra" nem merece um comentário pois todos já sabíamos que Cuelho era um trauliteiro, mentiroso compulsivo, enfim o melhor do Mundo e arredores. Deixa-los fala-los que eles calar-se-ão.

Abç