terça-feira, 28 de outubro de 2014

De vingativo a mesquinho

Ordem Militar de Cristo

Não me parece que seja caso para valorizar, positiva ou negativamente, a iniciativa tomada por Ascenso Simões ao  enviar uma carta a Cavaco Silva pedindo-lhe que atribua a José Sócrates a  Grã-Cruz da Ordem  Militar de Cristo, como tem sido tradição seguida sem interrupções até agora.
Duvido, no entanto, que  José Sócrates esteja interessado em receber uma tal condecoração das mãos de Cavaco Silva, embora esteja também convencido de que não se recusaria a recebê-la por considerações de ordem institucional a que Sócrates é particularmente sensível. 
Seja como for, o que importa sublinhar é que o facto de Cavaco persistir na sua atitude não diminui em nada a dignidade do não agraciado, nem as suas muitas qualidades e méritos. Ao invés, não direi o mesmo em relação a Cavaco. Na verdade, se alguma ilação se pode tirar da recusa da condecoração, recusa que tem todo o ar de ostensiva, é a de que na Presidência da República tem assento um homem com muitas qualidades: de vingativo a mesquinho não lhe falta nenhuma. 
(Imagem daqui)

5 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Chicamigo

Esqueceste-te de uma: imóvel

Abç

Majo disse...

~
~ ~ Não gostaria nada de ver, ou saber, Sócrates agraciado por essa cobarde múmia laranja.

~ ~ Mas como é muito cínico, veremos qual das qualidades prevalecerá: a hipocrisia ou a mesquinhez.

Graça Sampaio disse...

Este escavacado que mora no Palácio cor-de-rosa à nossa custa é do mais reles e do mais baixo nível que há! Também duvido que o José Sócrates queira ser condecorado por um homenzinho desses!

Manuel Azevedo disse...

Pessoalmente, prefiro aguardar que Sócrates venha a ser condecorado por um Presidente da República e não por um biltre que ora ocupa o lugar. Até lá, Sócrates fica bem, na "companhia" de Salgueiro Maia e José Saramago...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

estou com o Augusto Santos Silva. Quem é que se sente honrado em ser condecorado pelo coiso?