quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Portas desfeiteado

É evidente que o facto de o empresário mexicano Carlos Slim ter faltado, sem qualquer explicação, ao encontro previamente anunciado com Paulo Portas no âmbito do jantar oferecido pelo Ministro das Relações Exteriores do México, constituiu uma desconsideração que Portas não podia ter evitado e há que lamentá-la. No entanto, Paulo Portas, se  fosse um pouco mais modesto e menos dado a exibições e se não tivesse feito alarde do encontro, poderia ter evitado passar pela vergonha de se ter ficado a saber do tratamento a que foi sujeito.
Dizem que Portas é inteligente. Se for verdade, talvez o incidente lhe sirva de lição para aprender que a modéstia nunca assentou mal a ninguém.
(notícia e imagem daqui)

2 comentários:

Majo disse...

~
~ ~ Sempre foi um pavão...

~ ~ Quando entrou para Ministério da Defesa, a sua pose insuflada era hilariante.

~ ~ Acho-lhe um caráter muito vulgar, pelo que, fiquei admirada quando BB afirmou numa das suas crónicas que ele escrevia muito bem!

~ ~ Talvez tivesse mais sucesso como escritor...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Pedir ao Portas para ser modesto, é como pedir a um sem abrigo com fome que recuse comida.