quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Um rapaz com falta de assunto


O director dum semanário como o "Expresso" a dissertar sobre a justeza da condecoração de Barroso por Cavaco, invocando em abono da sua tese que "Formalmente Portugal tem obrigação de reconhecer [sem mais] o trabalho de Durão barroso (sic) em Bruxelas" e que "as democracias assentam em muitas formalidades" é porque, manifestamente, é um rapaz com falta de assunto.
Aparentemente, Ricardo Costa dá sinais de que está a precisar, também ele, de ser "condecorado" com uma qualquer sinecura, porque como director do "Expresso" já terá dado o que tinha a dar.

3 comentários:

Majo disse...

~
~ ~ Boa malha, Francisco. ~ ~

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E que me dizes à entrevista do José Gomes Ferreira ao i?
O homem quer mesmo entrar na política. Que mais nos irá acontecer?

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Caro Francisco

Conheço o "rapaz" desde que, ainda gaiato, me entrevistou para a rádio do IST...

Foi andando, a TV ajudou, chegou onde chegou; falta-lhe realmente a condecoração, que não vai tardar...

Aproveito, mesmo sem te pedir autorização para dizer ao Carlosamigo que este "rapaz" andava pela TSF quando eu era lá comentador. Tens carradas de razão: um destes dias temo-lo como ministro ou, pelo menos como sub-suba secretário de Estado.

Qualidades não lhe faltam e além disso o (des)Governo ama-o, digo, adora-o

Abçs para os dois ambos (???????)