domingo, 9 de novembro de 2014

Zeus, não bastava uma?

"O que verdadeiramente deprime é pensar que nada de essencial mudou. O Estado continua a gastar o mesmo que gastava e nem sequer entendemos para que serviram o "brutal" aumento de impostos, sustentado por cada vez menos contribuintes, a poupança feita com a retirada do RSI a 200.000 pessoas que pouco mais ou nada tinham, ou os milhões encaixados com a privatização de tudo o que restava." (Miguel Sousa Tavares, in "Expresso", edição impressa de ontem).
Mais que deprimente, a governação da actual coligação da direita é um desastre de dimensões bíblicas, pois é consequência de duas pragas com que o deuses (os eleitores) resolveram presentear-nos: Passos & Portas no Governo e Cavaco na Presidência da República.
Zeus, não bastava uma? 

2 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Chicamigo

Quase nunca concordo com MST. Não gosto dele como pessoa e sempre recordo que quando jovem recém-licenciado em Direito "trabalhou" comigo no "Portugal Socialista" passei a não concordar com as suas opiniões de então e de hoje. Não gosto dele, ponto.

Mas desta feita tenho (quase) de concordar, apenas com uma observação: nós, os Portugueses nem conseguimos andar deprimidos; é triste mas apenas nos agachamos...

Abç

________

Aproveito a ocasião para te pedir atenção para o que segue:

Tékinfim…

O lançamento do meu novo livro Crónicas das minhas teclas vai realizar-se no dia 26 deste mês, quarta-feira, pelas 18:20/19:00 no anfiteatro (salão nobre) do Palácio da Independência (Largo de São Domingos, 11 em Lisboa). A obra será apresentada pelo Embaixador Francisco Seixas da Costa. Oportunamente serão enviados os convites para o evento, embora todas as Amigas e todos os Amigos fiquem desde já convidados – informalmente. Será com grande prazer que o editor José Maria Roumier Ribeirinho e eu próprio as/os acolheremos. Se o quiserem e puderem fazer tragam também as vossas Amigas e os vossos Amigos. Todos serão bem-vindos. Obrigado
Antunes Ferreira

*******

Ai de quem não comprar pelo menos 25 livros! São prendas excelentes para Aniversários, Casamentos, Divórcios, Baptizados, Primeiras Comunhões, Velórios e é claro Natal, Ano Novo e Páscoa e outros não especificados…












Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Que mais nos irá acontecer?