sábado, 17 de maio de 2014

Cavaco, o modesto

"Quem vos disser que um dia o euro pode desaparecer, digam que a opinião do Presidente da República - que conhece bem este assunto porque presidiu à sessão de assinatura do Tratado de Maastricht - é que eles são muito irrealistas".(Cavaco, o modesto convencido)
Será que Cavaco não se dá conta de quão risíveis são afirmações como esta? Será que o homem acredita mesmo que o facto de ter presidido à sessão de assinatura do Tratado de Maastricht  o habilita com algum conhecimento especial para se pronunciar sobre o futuro do euro?
Em todo o caso, como diria o outro, podia ser pior. Desta vez, Cavaco ficou-se simplesmente pelo ridículo.

2 comentários:

Majo disse...

~
~ Cavaco até manifesta predileção por estas afirmações grotescas,
quando quer parecer interessante.

~ ~ ~ Um ótimo fim de semana. ~ ~ ~

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Coitado do homem. Está completamente senil!