quarta-feira, 3 de abril de 2013

Censurado

Ainda que, previsivelmente, a moção de censura apresentada pelo PS seja derrotada pelos votos contra dos partidos da maioria, uma coisa coisa é certa: o governo de censurado por todas as oposições já não passa. E não é menos certo que, caso os parlamentares do CDS votem contra a moção, como se anuncia, Paulo Portas não mais pode dizer que tem as mãos limpas da "porcaria" que este governo é e faz. 
E, claro, Cavaco já não pode escusar-se a intervir, sob o pretexto da existência de um vasto consenso. Este já não existe. Felizmente.

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E os deputados do PSD e CDS da Madeira, naõ deveriam ser coerentes e votar a favor da moção de censura?
Desculpa lá, Francisco, esqueci-me que falar de coerência na Madeira é tão insólito como ver porcos a andar de bicicleta.