quarta-feira, 10 de abril de 2013

A cratera

Inesperadamente, dum dia para o outro, surgiu em terras de Marvão, uma cratera ou, melhor dizendo, um enorme buraco com a profundidade de mais de cem metros.
Os geólogos ainda andam à procura duma explicação, mas eu julgo não estar enganado se disser que se trata dum aviso da natureza, ou, se se preferir, da "Divina Providência": Portugal, caso o governo, com o apoio de Cavaco, continue a seguir a via da austeridade não só caminha para o precipício, como se arrisca a levar sumiço de vez. Para já, fica o aviso. Que é muito sério, pois só assim se explica a existência, não de um, mas de três sumidouros.

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Uma pena esta cratera não se ter aberto quando Passos estivesse a fazer uma visita.