segunda-feira, 18 de março de 2013

Preocupado com a concorrência

Vai daí, dá a entender que o primeiro-ministro deve proceder a uma remodelação do governo, nunca pondo em causa o primeiro responsável pelo desastre, que é, nem mais nem menos, que o "impreparado" Passos (Falhar) Coelho.
O que quer dizer que Marcelo, ele próprio um astrólogo de renome, não questiona a política que está a conduzir o país para o precipício. Ao defender uma simples remodelação até parece que só está preocupado com a concorrência.

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ele sabe muito bem que a única solução é demitir Coelho, mas não tem coragem de o dizer. Por isso sugeriu ao PR que convocasse o Conselho de Estado para dar um raspanete ao garoto.