domingo, 6 de janeiro de 2013

Já nem em Belém se avista

Passos Coelho pede aos portugueses "Que consigam vislumbrar ao longo deste ano aquilo que se chama a luz ao fundo do túnel, quer dizer, o motivo de esperança para perceberem que nós não estamos a iniciar um ciclo vicioso de que não conseguimos sair, mas apenas a vislumbrar a saída de um período difícil que estamos a completar" e deseja "a todos, a todos mesmo, mesmo àqueles que gostam pouco do Governo, que tenham um ano à altura de todas as suas expectativas".
Passos Coelho ignora, pelos vistos, que o Natal já passou e que já nem em Belém se avista a estrelinha. Até os Reis Magos já se foram. Só ficou, por azar nosso, o Gaspar. Ou melhor, o Gaspar e os palhaços.

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

De regresso a casa, passo apenas para te deixar um abraço.
Depois da quase total abstinência de notícias durante duas semanas, estou siderado com o que vou lendo!
Abraço