quinta-feira, 13 de setembro de 2012

"Há uma linha que separa...

... a austeridade
da
Imoralidade."
Uma excelente declaração a de António José Seguro, hoje.
Temos homem?
Espero bem que sim!

4 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Não me parece, FRancisco, mas demos-lhe o benefício da dúvida.

Jorge Carvalheira disse...

Esperanças vãs, Clamote!

S. Bagonha disse...

Nããã!!!! Cá para mim aquilo foi qualquer coisa que ele tomou que lhe provocou aquela "pica" toda.

Francisco Clamote disse...

Admito, Armindo Jorge, que tenhas razão, mas como diz o povo, quem não tem cão, caça com gato. Aproveito a tua vinda aqui para te felicitar pela excelência do teu "Ladrar à Lua", uma vez que nele não tens espaço para comentários. Conhecendo eu o autor há tantos anos, a qualidade da tua escrita não é para mim surpresa nenhuma. Ainda assim, os meus parabéns. Abraço.