sábado, 22 de setembro de 2012

Encenação

Por muito respeito que tenha por vários membros do Conselho de Estado, com os ex-presidentes à cabeça, a verdade é que estou convencido que a sua convocação por parte do presidente da República não passou, tal como escrevi  aqui, de mais uma manobra  de Cavaco. Não me restam dúvidas que a reunião não foi mais que uma encenação para dar cobertura ao recuo de Passos e do seu desastrado governo em relação às alterações da TSU. A leitura do comunicado final (O Conselho de Estado foi informado da disponibilidade do Governo para, no quadro da concertação social, estudar alternativas à alteração da Taxa Social Única) tira-me todas as dúvidas.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O único que percebeu o embuste foi Mário Soares. Por isso se veio embora às 8 horas

Francisco Clamote disse...

Também acho.