terça-feira, 25 de setembro de 2012

Símbolos trocados


Nos Estados Unidos, o símbolo do Partido Democrata é o "Burro", mas, a cada nova eleição, torna-se cada vez mais claro que os símbolos dos partidos nos States, andam trocados. Em particular, nas eleições presidenciais agendadas para este ano, não há dúvida de que se alguém tinha  todo o direito de andar com o símbolo do burro estampado na testa era o candidato do Partido Republicano  Mitt Romney.
Já não é a primeira vez que da boca lhe sai uma "burrice", mas esta é mesmo de bradar aos céus. Digo bradar aos céus porque estamos a falar de aviões. "Quando há um incêndio num avião, não há sítio para fugir. E não é possível fazer entrar oxigénio no avião porque as janelas não abrem. Não sei por que é que eles não fazem isso. É um problema sério. É muito perigoso"; disse o candidato
Não digo que o deixem fazer a experiência de viajar de avião com a janela aberta, porque acabava por não aprender nada com ela. O que digo é que o Partido Republicano tem dedo para escolher candidatos estúpidos. Este está, sem dúvida, à altura de George W. Bush, se é que o não supera.
Afinal, leio agora, as afirmações de Romney, foram uma piada. Teriam sido?  Na dúvida, o burro fica.
(Reeditado)
(ilustração daqui)

4 comentários:

Graça Sampaio disse...

Isto sem ofensa para os burros que são uns queridos...

Francisco Clamote disse...

Concordo, Graça.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Quando vi o video, nem queria acreditar.! É que, na minha inocência, quando li a notícia, pensei que era a gozar...

Carlos M. Silva disse...

Olá
Vi e li ontem a 'história'; e vejo e leio hoje algumas justificações como a da 'ironia republicana ao microfone'. Ironia? Mas aquele senhor porventura é capaz de ironia?
Creio de facto que a desculpa da ironia é a desculpa esfarrapada para a pura idiotisse.Daí logo,muito rapidamente, ter aparecido 'a ironia' como a salvação impossível da estupidez.
Cumprimentos
Carlos M. Silva