domingo, 23 de setembro de 2012

Quem precisava de mais um incendiário?

Quem haveria de supor que o ministro da Administração Interna, a quem incumbe apagar fogos, era um incendiário?
E a quem, pelos vistos, não basta o fogo que alastra por esse país fora e no qual tem também a sua quota de responsabilidade.
(reeditada)

4 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O MM esqueceu-se de dizer que no governo havia muitas formiguinhas. Só que são muito peculiares... em vez de trabalharem, roubam.

O Puma disse...

Boa malha

Graça Sampaio disse...

Um incendiário ou uma besta?!

Isa GT disse...

Tenho a impressão que já privatizaram o conto, eles são as formigas que consideram roubar um trabalho e são os que nos cantam mais tró-ló-rós... e vivem uma vidinha fácil... só faltava ter que gramar mais parolices... esta gente não se enxerga nem ao mal que faz.
Vestem fatinhos caros e sentam os glúteos num carrão de luxo e pensam que basta isso para vir dar lições de sabedoria.

Bjos