terça-feira, 20 de novembro de 2012

À 7ª, como vai ser?

Confesso que estou cheio de curiosidade.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Cá para mim, os resultados ainda vão ser piores do que as previsões já várias vezes revistas ao longo deste ano.

Graça Sampaio disse...

Qualquer dia desaparecemos. É a implosão total (e não só a do ministério da Educação que o (C)rato queria fazer). Quando é que isto acaba?