sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Visita de médica


Anuncia-se para o próximo dia 12, uma visita da senhora Angela Merkel, a chancelar alemã. Uma visita breve, ao que parece, pois a sua duração não ultrapassará o tempo gasto nas viagens de ida e volta. Poderá, por isso, dizer-se, com toda a propriedade, que se trata de uma "visita de médico". No caso, mais propriamente, de médica.
Não se conhecendo o propósito da visita, oportuna não é, seguramente, atentas as actuais circunstâncias, e, pelo menos, para alguns, a senhora é, nesta altura, "mal-vinda".
Não obstante a não divulgação oficial do objectivo da visita (se existiu, ainda a não vi) alguma imprensa avança com a hipótese de se tratar de uma visita de apoio a Passos Coelho, o governador de Portugal, país   entretanto transformado por ele numa espécie de nova colónia alemã. Tendo em conta a natureza da visita, trata-se, sem dúvida, de apoio "médico", de que o governo de Passos Coelho bem precisa, pois, manifestamente, está doente e muito fraco.
Dada a brevidade da visita, o apoio "médico" trazido pela senhora Merkel é de supor (tendo em conta o receituário por ela seguido com efeitos contraproducentes) que não possa ir além do fornecimento de algum balão de oxigénio, o que não augura nada de bom. De facto, com frequência, o fornecimento de oxigénio a quem está doente, é sinal de que este está a "dar as últimas". Tudo o indica que é o caso.
(imagem daqui)

5 comentários:

O Puma disse...

A dona banqueira

não está só

mas tambem não querida no seu país

A ver vamos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Esperemos que depois de ver o estado do doente, a médica não chame o padre para a extrema unção
Abraço e bom fds

capitolina disse...

E lá ficamos mais miseraveizitos.
Lá se vai um ror de euros em segurança pra segurar a insegurança.
Quem convidou a senhora devia ter pensado melhor.
Tão mansos que nós éramos...

Majo disse...

NUM PAÍS QUE PREZA E ORGULHA-SE DE SER EXCELENTE ANFITRIÃO, FOI INTERESSANTE VERIFICAR A UNIÃO DE TODOS OS PORTUGUESES, NO REPÚDIO À PRESENÇA DESTA ARROGANTE DAMA.

A INDESEJADA PRESENÇA TEVE UM ÚNICO ASPETO POSITIVO: SERVIU PARA CONSTATAR QUE QUANDO NECESSÁRIO, OS PORTUGUESES ESTÃO UNIDOS E COESOS.

Majo disse...

Num país que presa e tem orgulho de ser excelente anfitrião, foi interessante verificar a união de todos os portugueses no repúdio pela presença desta arrogante dama.

A indesejada visita, acabou por ter algo benéfico: serviu para os portugueses constatarem que, se necessário, estarão todos unidos e coesos.

Não havia memória de uma manifestação de rejeição desta natureza, pelo que ficou como um marco indelével da nossa história recente.