terça-feira, 3 de março de 2015

Um canalha!

Só um canalha é que, para se defender das imputações que sobre ele pesam por não ter pago atempadamente as suas dívidas para com a Segurança Social é que, em desespero de causa, se atreveria a invocar a situação actual do seu antecessor no cargo que está preso preventivamente mas que a lei da República continua a presumir como inocente. Porém, para tal canalha que, por um infeliz acaso, é primeiro-ministro de Portugal e que, em razão dessas funções, tinha e tem a estrita obrigação se conformar nos seus juízos com o que lei dispõe, Sócrates já está julgado e condenado.
Aldrabão consumado, caloteiro confirmado, Passos Coelho acaba de descer mais um degrau na escada da ignomínia. A permanência deste indivíduo nas funções de primeiro-ministro constitui uma afronta intolerável. Disse.
(imagem e notícia daqui)

2 comentários:

Majo disse...

~
~ ~ Concordo. ~ ~
~~~~~~

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Concordo, Francisco. Só acrescento que se ele quiser invocar o PS, bem pode lembrar o caso de António Vitorino, que se demitiu assim que surgiram as notícias sobre o pagamento da sisa.
Nessa altura vivia na Argentina e um dos principais jornais de BA ( O Clarin) chamava o assunto para a primeira página e comentadores enalteciam a atitude do ministro português.