sábado, 26 de novembro de 2011

De candeias às avessas

A relação entre o Presidente da República e Passos Coelho já conheceu melhores dias.
Para documentar esta minha afirmação basta saber o que Passos Coelho já disse sobre a intervenção do BCE e atentar nestas palavras do Presidente da República: "Só quem revela algum desconhecimento é que receia que na situação actual possam resultar dessas intervenções [do BCE] perigos de inflação".

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Mas a fragilidade da lógica de pensamento de Cavaco é perturbadora, Francisco.
Ainda ontem defendia a " repovoação" do interior pela manhã e à tarde aprovada o diploma das SCUT que vai penalizar fortemente a Beira Interior.
Abraço

Francisco Clamote disse...

Sobre a fragilidade e as contradições de Cavaco não tenho dúvidas, Carlos. Mesmo assim, apesar de não o suportar, tenho de reconhecer que é, na actual conjuntura, a única entidade a fazer contra-vapor face ao governo do farsola que dá pelo nome de Passos Coelho.