segunda-feira, 7 de maio de 2012

"O incrível sr. Hollande"

François Hollande, no discurso da vitória
A eleição de François Hollande como novo Presidente da França não vai fazer toda a diferença, até porque, antes de conhecidos os resultados das próximas eleições legislativas a ter lugar em breve, nem sequer se sabe qual a força de que o novo Presidente francês vai dispor internamente. Mas alguma diferença vai fazer: o consenso sobre a política de austeridade a todo o custo tem os seus dias contados na Europa e a dupla Merkozy que a impulsionava e dirigia desfez-se finalmente. E felizmente. E até por cá a eleição de François Hollande vai ter alguma consequência:  o mais papista do que o papa que dá pelo nome Passos/Coelho vai ter, pelo menos, que mandar para o cesto dos papéis o Tratado Orçamental que tão apressadamente aprovou.
Poucas mais certezas haverá, salvo para quem disponha duma especial bola de cristal, como é o caso do senhor Vasco Pulido Valente (VPV) que, do alto da sua sabedoria, já ontem em crónica por ele assinada, aparecida no "Público" com o título que este "post" leva em epígrafe,  garantia que o senhor Hollande "se prepara para meter uma "Europa", desorientada  e frágil, num grande sarilho".
Vista esta sentença, forçoso é concluir que para VPV,  numa Europa  "desorientada e frágil", se vivia, afinal e até agora, "num mar de rosas", que "o incrível senhor Hollande" está prestes a desmanchar .
Que mais dizer ? "Megalomania" rima com "miopia", não rima?
(Imagem daqui)

5 comentários:

S. Bagonha disse...

Há que dar um certo desconto ao que escreve o VPV. Por vezes, enquanto está distraído, salta-lhe o "malte" para a escrita e, como ele não confere o que escreveu, saem "coisas" assim. Há que dar desconto.

aviador disse...

Francisco, peço desculpa mas também rima com copofonia!

nascimento ribeiro disse...

Alguém pode informar o que aconteceu ao Camara Corporativa?
Talvez o Francisco Clamote possa informar o pessoal.
Ficava-lhe grato. Abraços

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Desta vez sou eu a pedir para assinar por baixo, Francisco
Abraço

Francisco Clamote disse...

Obrigado, meus caros, pelos comentários e as minhas desculpas pelo atraso em publicá-los, mas a "máquina" não tem andado lá grande coisa.
E não, meu caro Nascimento Ribeiro, não faço ideia do que aconteceu ao CC. Tudo indica que alguém lhe pôs fim. Faz falta a muita gente, onde me incluo, mas parece que não haver mais nada a esperar dali. Oxalá esteja enganado!