quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Calma, que em 2013 o "ouro" é nosso!


Compreendo a desilusão de muita gente pelo facto de Portugal não ter ainda alcançado o primeiro lugar do pódio, pois o ouro faz muita falta para que as exportações portuguesas não decresçam abruptamente. No entanto, tenho a dizer aos descontentes com o segundo lugar  que tenham calma, pois não é preciso ser vidente para saber que, em 2013, o primeiro lugar é nosso. Garantidamente.

Basta atentar no "enorme aumento de impostos" (Gaspar dixit) na forja para 2013, "mitigado"  ou não, para se poder adiantar, sem risco de falhar, que, no próximo ano, o "ouro" é nosso!

2 comentários:

Querubim disse...

Nesta olimpíada dos impostos ninguém bate o nosso (des)governo!!!
... para o próximo ano eles vão ganhar "o ouro" a tirar-nos os restos dos "cobres" que ainda conseguirmos juntar no bolso!!!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Só se for mesmo o ouro da medalha, porque o outro( que pertencia ás famílias portuguesas) está a alimentar a subida das exportações...