segunda-feira, 15 de outubro de 2012

"Ricos", mas a caminho da sopa dos pobres

O ministro Gaspar acaba de anunciar em conferência de imprensa as linhas mestras do Orçamento de Estado para 2013 e a primeira conclusão a tirar é que não se percebe para que serviram as últimas  reuniões do tipo maratona do governo, pois a versão final apresentada não apresenta qualquer diferença relevante em relação ao chamado documento preliminar divulgado antes das referidas maratonas.
Daí que se possa tirar, com segurança, uma dupla conclusão:
primo: o governo demonstra que, para além de incompetente, não sabe às quantas anda;
Secundo: a proposta de Lei do Orçamento de Estado hoje apresentada pelo governo na Assembleia da República consegue um duplo prodígio: transforma, dum momento para o outro, centenas de milhares (serão milhões?) de portugueses da classe média em "ricos" e simultaneamente, leva uma boa parte dos novos "ricos" a engrossar a fila para a sopa dos pobres.
É obra!

(imagem daqui)

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Aliás, isso já está a criar um novo conflito dentro da coligação, Francisco. O Portas admite que tenhamos um nível de vida idêntico ao da Albânia, mas Coelho e Gaspar insiste que a Coreia do Norte é que é bom.