domingo, 21 de julho de 2013

Isto sim, é coerência!

A Cavaco Silva, tal como  José Sócrates dizia, há momentos, na RTP, não bastava que a direita tivesse um governo, uma maioria e um presidente da República. Ao propor um "compromisso de salvação nacional" onde alinhasse o PS, Cavaco queria também ter "a oposição no bolso".
Tal é a confiança que este governo merece a Cavaco Silva que, não obstante, acaba de anunciar que o vai manter em funções.
Não há dúvida que isto é "coerência"! A coerência de um presidente da República, com letra minúscula.

2 comentários:

O Puma disse...

O pantomineiro repete-se

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Falhou a golpada e teve de se sujeitar à humilhação de se tornar no 1º PR em democracia a ser um pau mandado do governo.