terça-feira, 23 de julho de 2013

Relvas em risco de ser destronado

O ex-ministro Miguel Relvas tinha a fama de faltar à verdade no Parlamento como a mesma facilidade com que se bebe um copo de água. Tratava-se, como ele dizia, de meros "lapsos". Pois em matéria de repetidos "lapsos", Miguel Relvas corre o sério risco de vir a ser ultrapassado pela agora ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque.
Depois de ter negado que o governo de Passos, Gaspar & Portas tivesse recebido informação do anterior Governo sobre a existência do problema dos swaps, quando ouvida sobre a questão, em comissão na AR, ainda na qualidade de secretária de Estado do Tesouro,  a novel ministra fez questão de garantir no plenário da AR, aquando do debate sobre o estado da Nação, que não tinha mentido, apesar de ter sido desmentida, na altura e de imediato, pelo ministro  das Finanças do Governo do PS, Teixeira dos Santos e pelo ministro de Estado e das Finanças, Vítor Gaspar. de quem ela própria dependia, na ocasião.
Passos já não se pode queixar por ter sido forçado a prescindir dos "lapsos" de Relvas. Já tem substitua à altura. Quiçá, com vantagem, pois, ao que parece, comete "lapsos", não com a facilidade de quem bebe água, mas com  a naturalidade de quem respira.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E eu que ainda sou do tempo em que PPC dizia: comigo no governo, quem mentir, sai!

Francisco Clamote disse...

Carlos, se fosse para levar a sério, PPC era, obviamente, o primeiro a ir borda fora.